domingo, 21 de setembro de 2014

QUE RELEVO É ESTE ?



Resposta: Mares de Morros

ARQUEÓLOGOS ENCONTRAM RESTOS DAS CÂMARAS DE GÁS DE SOBIBOR

Após anos de pesquisa, arqueólogos poloneses e israelenses descobriram os restos das câmaras de gás do campo de extermínio de Sobibor, no sudeste polonês. "Depois de oito anos, chegamos à reta final", disse o arqueólogo israelense Yoram Haimi. O historiador polonês Tomasz Kranz, diretor do memorial do campo de concentração de Majdanek, chamou de histórica a descoberta, anunciada na última quarta-feira (17/09).


Ruínas do campo de extermínio de Sobibor.
Diferentemente do campo de concentração de Ausschwitz-Birkenau, Sobibor era um mero campo de extermínio. Entre 1942 e 1943, mais de 250 mil pessoas foram mortas ali. Após uma rebelião em 1943, os nazistas destruíram todos os vestígios do campo, para apagar as pistas de seus crimes.

Em entrevista à Deutsche Welle, o historiador Wolfgang Benz falou da importância da atual descoberta, explicando que a destruição dos vestígios foi extremamente rigorosa, o que dificultou o descobrimento dos fundamentos das câmaras de gás. Benz foi diretor do Centro de Pesquisa sobre Antissemitismo na Universidade Técnica de Berlim até 2011.

Deutsche Welle: Que espécie de lugar era Sobibor e o que foi encontrado ali agora?

Wolfgang Benz: Sobibor era um campo de extermínio, ou seja, não era um campo de concentração. Quem ali chegava era assassinado imediatamente, sem grandes demoras. Somente um pequeno número, no máximo algumas centenas de judeus, permaneceu ali por mais tempo, como trabalhadores escravos, necessários para o extermínio. Ali foram encontrados fundações das câmaras de gás, que há muito tempo não eram mais visíveis.


Antiga estação de trem de Sobibor.
Por que isso foi encontrado só agora?

Em 14 de outubro de 1943, houve em Sobibor uma revolta dos prisioneiros. Cerca de 300 conseguiram fugir, mas a maioria não sobreviveu. Após essa rebelião, Heinrich Himmler, o chefe de todos os campos de concentração, ordenou a remoção de todos os vestígios e a destruição completa de Sobibor.

Isso foi executado com grande rigor e, em dezembro do mesmo ano, os últimos soldados da SS se retiraram do local, após ter matado os trabalhadores escravos judeus que haviam sobrevivido. A remoção dos vestígios foi executada com um rigor extraordinário.

Mas isso não impediu que, após 1945, saqueadores de túmulos e ladrões tenham sistematicamente vasculhado os campos de extermínio de Sobibor, Treblinka e Belzec, à procura de tesouros e pertences das vítimas. Depois a natureza tomou conta do terreno. O vilarejo de Sobibor é extremamente isolado, na fronteira entre a Polônia e a Bielorrússia. Durante décadas, ninguém mais se interessou pelo que restou daquele campo.

Veja no mapa abaixo a localização do vilarejo de Sobibor, na Polônia.



Qual a importância da descoberta das fundações?

Sobibor está entre os campos de extermínio mais bem pesquisados do período nazista. Graças à pesquisa histórica e ao testemunho de sobreviventes, estamos muito bem informados sobre o que aconteceu ali. Isso significa que a descoberta das fundações das câmaras de gás tem, em primeira linha, um caráter emocional. O fato de ali haver sinais visíveis serve à memória.

Objeto encontrado nas ruínas de Sobibor. 
Agora, Sobibor pode ser elevado ao status de memorial, onde os visitantes também podem ver algo. Até então, ele não parecia mais do que um pedaço de floresta, no qual se encontra uma barraca e, a alguma distância, uma estação ferroviária, onde chegavam os condenados à morte.

A descoberta foi uma ação que agrega a memória caracteres táteis, mas não traz novidades ao que aconteceu em Sobibor e à finalidade de sua construção.


Placa do vilarejo de Sobibor.

O que vai acontecer agora à descoberta?

Isso não deve ser perguntado a um historiador, mas àqueles capazes de financiar um memorial adequado para este lugar, onde 250 mil pessoas foram assassinadas, como já existe em Belzec e Treblinka.

Imagens: SIC Notícias.

CARTÓGRAFOS X GOOGLE EARTH


sábado, 20 de setembro de 2014

PERDER O PRÓPRIO GPS


LONDRES: CICLOTRÓPOLE DA EUROPA

Duas ciclo rotas foram reveladas em Londres, incluindo um corredor leste-oeste com 29 km de extensão. O sistema foi apelidado de "Cruz para Bicicletas" ( Crossrail for Bikes). 


As rotas ligarão Tower Hill para Westbourne Terrace no sentido Leste-Oeste. De Norte a Sul da cidade o caminho começa a partir de Kings Cross e chega em Castle. Todo o trajeto será "substancialmente segregado" e terá o espaço viário realocado para aqueles em bicicletas, incluindo uma pista no viaduto Westway. 



O "London Cycling Campaign" (LCC) chama os planos de "um grande passo em frente na criação de ruas que são seguras e convidativas para o ciclismo". 


Boris Johnson, prefeito de Londres, diz: "Bicicletas já representam 24% de todo o tráfego na hora do rush no centro da cidade - centenas de milhares de viagens que seriam feitas todos os dias de carro ou transporte público. Por isso não se trata de uma questão apenas para ciclistas. Quanto mais pessoas nas bicicletas menos pressão teremos nas redes rodoviárias e ferroviárias. Reduziremos a poluição para melhorar a vida de todos, sejam ou não ciclistas."



Uma pesquisa realizada pela "Transport for London" (TfL) relata que a rota foi escolhida de acordo com a demanda local. Em alguns trechos houve uma redução de 25% do tráfego de automóveis nos últimos 10 anos. 

Ashok Sinha, diretor executivo da London Cycling Campaign, diz: "Em 2012, 10 mil pessoas foram às ruas pedir que as vias fossem tão seguras e convidativas como na Holanda, por exemplo. Em resposta, o prefeito prometeu a eles que iria entregar novas ciclo rotas nos melhores padrões continentais. Parabenizamos o prefeito em finalmente tomar um passo tão grande para entregar esta promessa. Vamos trabalhar junto ao TfL para abordar as preocupações sobre as novas rotas. "


No geral, o LCC está realmente satisfeito em ver um espaço protegido para o ciclismo, particularmente no corredor leste-oeste, onde ciclistas fazem regularmente até quase metade do tráfego durante o pico da manhã. A rota norte-sul também terá vias segregadas nos dois sentidos, mas serão implantadas em ruas menores com baixo fluxo de carros. 



Leon Daniels, Diretor dos Transportes de Superfície da TfL, diz: "Andar de bicicleta em Londres está se tornando popular a cada dia e estas novas rotas cicláveis vão transformar Londres na "Ciclotrópole" do continente, acessível para ciclistas de todas as idades. Vamos trabalhar duro nos próximos meses para garantir que esse sistema possa ser entregue o mais rápido possível, equilibrando as necessidades de todos. Estamos ansiosos para ouvir a opinião de londrinos e turistas sobre esses planos de transformação."

PREPARE-SE PARA SE SENTIR INCRIVELMENTE POBRE

     Vladislav Doronin não gosta de ser um namorado igual a todos . Ele poderia levar sua namorada para jantar em um restaurante chique em seu aniversário, talvez algumas jóias que ela está querendo.

    No entanto, quando você é um bilionário e sua namorada é a supermodelo Naomi Campbell, naturalmente você iria querer comprar uma casa em uma ilha turca na forma do olho de Horus. Não, é ?

   A casa de 25 quartos (alojado no 'olho' de vidro) situa-se na Turquia Isla Playa de Cleópatra e foi dado a Naomi Campbell em seu aniversário de 41 anos por Doronin. 

   A casa foi projetada por Luis de Garrido em um orçamento ilimitado e é quase auto-suficiente por inteira graças ao aquecimento geotérmico, painéis solares e um sistema de aproveitamento de águas pluviais.


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...